O óleo diesel nada mais é do que um combustível fóssil, produto da destilação do petróleo. Quimicamente falando, ele possui grande quantidade de enxofre. No entanto, alguns mitos são espalhados acerca do combustível, muitas vezes sobrepondo-se aos fatos.

Atualmente, muitas pessoas têm dado preferência aos carros com motores que funcionam à combustão desse tipo de combustível, uma vez que as vantagens são inúmeras, a começar pela economia e desempenho do automóvel.

O petróleo tem diversos derivados, como querosene, gasolina, lubrificante e o diesel. É este último, no entanto, o mais abundante e complexo em termos de composição química. No entanto, todos os outros têm usos específicos e podem ser incorporados em situações diversas, até mesmo para limpezas mais pesadas.

Para tirar suas dúvidas de uma vez por todas e conhecer os fatos e mitos que envolvem o diesel, acompanhe este artigo até o final e descubra como você poderá incorporar seu uso no dia a dia.

Listamos abaixo 5 mitos e 5 fatos sobre o óleo diesel que você precisa saber. Confira:

Diesel pode estragar motores a gasolina ou etanol

Este é um fato. Se o diesel for injetado por engano em um carro movido a gasolina, o mais recomendável é deixar o veículo estacionado, chamar um guincho e levar a um mecânico que possa drenar o combustível errado. Isso porque o diesel afeta todo o sistema de alimentação do veículo, o que pode estragar o motor e outras partes do veículo, como bicos injetores. Por isso, fique sempre ligado quando for abastecer para ter certeza que está recebendo o combustível correto (por mais improvável que seja ocorrer essa confusão). 

Motor a diesel é mais econômico

Este é um fato. Comparativamente, um motor a diesel é mais econômico do que um motor à gasolina, além de apresentar uma performance em sua durabilidade superior aos motores que utilizam outro tipo de combustível.

No entanto, a manutenção deste tipo de motor usualmente é mais cara. Considerando, contudo, o panorama geral, o motor a diesel ainda se sobressai ao motor à gasolina no que diz respeito à economia.

Diesel oferece melhor preço

Fato. Em um panorama de combustível com preços nas alturas, o diesel representa uma opção muito mais vantajosa em termos econômicos, já que é consideravelmente mais barato que a gasolina.

Isso pode ser facilmente observado em qualquer posto. O preço do diesel se sobressai significativamente ao preço da gasolina.

Motores a diesel são mais acessíveis

Mito. No Brasil, ao contrário dos países norte-americanos e europeus, o uso de motores a diesel em carros compactos não é permitido. Além disso, a fabricação dos motores requer maior grau tecnológico, encarecendo o valor dos automóveis que funcionam sob esse tipo de combustível.

Motores a diesel têm desempenho inferior

Outro mito. O diesel representa esportividade nos carros, aliado ao baixo consumo. Essa é a combinação ideal para quem gosta de pisar no acelerador.

Alguns carros europeus médios chegam a rodar de 25 a 30km com apenas um litro de diesel.

Além disso, os carros pequenos oferecem uma performance ainda superior. Os modelos europeus de carros pequenos podem desempenhar um percurso de até 100 quilômetros com apenas um litro, algo impraticável pelos carros à gasolina.

O diesel auxilia na lavagem de carros

Comumente utilizado para fins de remoção de sujeiras mais pesadas na superfície dos automóveis, é um mito que o diesel deve ser utilizado para essa finalidade, já que tem mais malefícios do que benefícios a oferecer.

O fato é que o diesel é um produto que tem enxofre em sua composição. Ao entrar em contato com água, no processo de lavagem, ou até mesmo com o ar, ele é convertido em óxido de enxofre (SOx). Essa substância tóxica faz com que os metais do veículo oxidem e danifiquem a pintura.

Nos casos mais severos, como quando manchas de asfalto novo grudam na pintura, recomenda-se adicionar uma pequena quantidade de querosene, cerca de 5% referente à quantidade de solvente, para auxiliar no processo de limpeza.

Motores a diesel são mais duráveis

Fato. Os motores que funcionam a diesel são mais duráveis pois são mais robustos do que os motores à gasolina. No entanto, para que tenha, de fato, sua durabilidade garantida, é recomendada que se destine ao perfil de condutores que rodam mais do que a média e para os que possuem carros mais pesados, como picapes e 4×4.

Tecnologia dos motores a diesel é mais obsoleta

Este é um dos maiores mitos. Os motores que fazem combustão do diesel são produto de tecnologias mais modernas e, por isso, oferecem inúmeras vantagens ao proprietário, sobretudo no que diz respeito à economia.

Hoje em dia há um forte anseio para que haja a liberação de carros compactos com motores a diesel. Isso parte tanto de profissionais quanto de usuários domésticos, já que ambos podem ser beneficiados.

Taxistas, motoristas de frete e demais profissionais que utilizam automóveis com maior frequência também aguardam que a liberação chegue ao Brasil, permitindo mais economia e durabilidade.

Motores a diesel são mais poluentes

Essa afirmativa vem sendo repetidamente proferida por muitas pessoas. No entanto, se trata de um mito se considerarmos que os motores modernos contam com tecnologias de ponta como catalisadores e filtros.

Esses adventos fazem com que a emissão de poluentes por parte do motor seja praticamente nula.

O que ocorre, no entanto, é que os modelos mais antigos, de fato, poluem mais o meio ambiente, tanto os que funcionam à gasolina, quanto os que funcionam a diesel, já que as tecnologias à época não eram favoráveis ao consumo limpo.

Diesel pode ser utilizado para limpar motor

Fato. Se a prática não é recomendada para a limpeza da lataria, o inverso é verdadeiro para a limpeza de motores.

Os resíduos acumulados, sobretudo de óleos e graxas, devem ser removidos para possibilitar toda a potencialidade de performance do seu motor. Essa é uma opção barata e prática para limpá-lo e manter a durabilidade dessa parte fundamental do seu automóvel.

Antes de mais nada, é imprescindível certificar-se que o motor está completamente frio, a fim de evitar queimaduras e possíveis efeitos danosos ao ser manuseado. Para que isso ocorra, o carro precisa estar há pelo menos algumas horas desligado.

Sendo assim, o horário mais recomendado para efetuar o procedimento é pela manhã, após ele ter passado a noite desligado.

Em seguida, basta retirar todas as partes de plástico do motor – geralmente são presos por pressão ou rosca, podendo ser retirados facilmente. Com um pincel, utilize o óleo diesel nas partes metálicas e deixe o produto agindo por alguns minutos. Aplique camadas mais generosas nas partes com mais sujeiras atreladas.

Para finalizar o procedimento, retire o material com água da mangueira, mas sem utilizar a pressão.

E então, conhece mais alguma curiosidade sobre o diesel? Saiba de algum dos mitos que a gente contou? Compartilhe com a gente e lembre-se, conte com a Carboroil para entrega e armazenamento de diesel! 

banner-tabela-consumo-diesel

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a usar este site, assumiremos que concorda com nossa Política de Privacidade.