SOLUÇÕES EM ABASTECIMENTO

Transporte e armazenamento de combustíveis e lubrificantes

Diesel B S10

O óleo diesel S10 é indicado principalmente para:

  • Veículos automotores e máquinas recentes;
  • Automóveis produzidos após 2012, independentemente do tipo;
  • Transporte coletivo, como ônibus urbanos;
  • Em algumas situações, também pode ser utilizado em modelos mais antigos.

O Óleo Diesel B S10 é uma evolução do diesel, com quantidade de enxofre reduzida para 10 partes por milhão, o que diminui a emissão de materiais particulados e gases poluentes durante a queima. É adequado para motores Euro 5 produzidos a partir de 2012 e possui mais quantidade de cetano em sua composição, melhorando a qualidade de ignição e desempenho. É obrigatório em veículos rodoviários produzidos a partir de 2012 e opcional em maquinários e geradores produzidos a partir desse ano. É incolor, límpido e isento de impurezas, com densidade variando de 0,820 a 0,850kg/L e odor forte e característico.

O óleo diesel S10 é o combustível mais refinado, oferecendo vantagens como a redução da emissão de SO² e NOx na atmosfera, além de contribuir para o bom desempenho de veículos e máquinas.

Diesel b S500

O Diesel S500 é destinado principalmente a motores de veículos mais antigos. Ele é conhecido como Diesel convencional e possui um nível de cetano menor, o que impacta negativamente o desempenho de veículos modernos. Devido ao seu alto teor de enxofre, o óleo diesel S500 é mais poluente, mas ainda é muito importante em algumas aplicações.

  • O óleo diesel S500 é destinado para alguns usos específicos:
  • Para caminhões fabricados antes de 2011;
  • Para ônibus interestaduais que raramente trafegam em áreas urbanas;
  • E para máquinas e geradores de energia mais antigos.

DIESEL R5

Pode ser utilizado para atividades distintas, mas sobretudo em motores de grande porte e baixa rotação.

Desse modo, ele pode ser encontrado em alguns motores de combustão interna, como os de grandes navios, para produzir calor.

Além disso, também é comum a queima do mesmo para o aquecimento de fornos e caldeiras dentro da indústria.

Gasolina

Pode ser utilizado para atividades distintas, mas sobretudo em motores de grande porte e baixa rotação.

Desse modo, ele pode ser encontrado em alguns motores de combustão interna, como os de grandes navios, para produzir calor.

Além disso, também é comum a queima do mesmo para o aquecimento de fornos e caldeiras dentro da indústria.

etanol (ÁLCOOL)

Pode ser utilizado para atividades distintas, mas sobretudo em motores de grande porte e baixa rotação.

Desse modo, ele pode ser encontrado em alguns motores de combustão interna, como os de grandes navios, para produzir calor.

Além disso, também é comum a queima do mesmo para o aquecimento de fornos e caldeiras dentro da indústria.

Óleo BPF

Pode ser utilizado para atividades distintas, mas sobretudo em motores de grande porte e baixa rotação.

Desse modo, ele pode ser encontrado em alguns motores de combustão interna, como os de grandes navios, para produzir calor.

Além disso, também é comum a queima do mesmo para o aquecimento de fornos e caldeiras dentro da indústria.

Querosene

O Diesel S500 é destinado principalmente a motores de veículos mais antigos. Ele é conhecido como Diesel convencional e possui um nível de cetano menor, o que impacta negativamente o desempenho de veículos modernos. Devido ao seu alto teor de enxofre, o óleo diesel S500 é mais poluente, mas ainda é muito importante em algumas aplicações.

  • O óleo diesel S500 é destinado para alguns usos específicos:
  • Para caminhões fabricados antes de 2011;
  • Para ônibus interestaduais que raramente trafegam em áreas urbanas;
  • E para máquinas e geradores de energia mais antigos.

 

 

Arla 32

Arla 32 é o nome dado a um agente redutor essencial, que reduz a emissão de poluentes transformando os tóxicos óxidos de nitrogênio em materiais não-nocivos, como nitrogênio e água.

Esse agente consegue evitar até 98% das emissões de óxido de nitrogênio para a atmosfera – além de poluente, ele também é nocivo à saúde e responsável por diversas doenças respiratórias.

Lubrificantes e graxas

Rolamentos que perdem a lubrificação da graxa por falta de manutenção, podem entrar em processo de fundição, podendo causar acidentes gravíssimos pela queda da roda.

É necessário se atentar a qualidade dos lubrificantes para caminhão, garantindo a sua segurança na estrada e a vida longa de suas peças para carretas.

GUIA DOS GERADORES

FAÇA O DOWNLOAD

Conhecimentos básicos de instalação, manutenção e abastecimento de geradores.